AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Representantes de pequenas e média indústrias recebem orientações sobre o eSocial na FIERGS

Seminário

A partir do dia 1º de julho de 2018, todas as empresas com faturamento anual inferior a R$ 78 milhões passarão a ser obrigadas a transmitir ao governo federal por via eletrônica e unificada as informações de seus trabalhadores, de contribuições previdenciárias e folha de pagamento, entre outras. A exigência é do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o eSocial, que já é cobrado das companhias com faturamento maior que R$ 78 milhões.  

O assunto foi tema do evento eSocial em Debate - O que o pequeno e médio industrial necessitam saber, nesta terça-feira (19), na sede da FIERGS. “O eSocial pode ser considerado uma burocracia que interfere de novo na competitividade das nossas empresas. É um desafio e precisamos nos adaptar ao novo momento. Por isso, a FIERGS realiza esse evento, para promover a troca de informações e o debate sobre o novo momento, que vamos encarar a partir de 1º de julho”, declarou o coordenador do Conselho de Pequena e Média Empresa (Copemi) da FIERGS, Marlos Davi Schmidt (foto).

Entre os temas abordados estiveram eSocial – O que precisa ser feito, sua empresa está preparada? e O que as pequenas e médias indústrias precisam saber em relação a temas contábeis. Também foram apresentados os cases da Picadilly e da RS Data. Já o gerente de Saúde e Segurança no Trabalho do Serviço Social da Indústria, Antonino Germano, abordou o Sesi Viva +, uma plataforma virtual na qual é possível reunir dados de saúde e segurança, estilo de vida do trabalhador da indústria, geração de informações qualificadas e estruturadas, além de estudos epidemiológicos para apoiar as indústrias na redução de custos com saúde e afastamento, diminuição de riscos legais, na prevenção de acidentes e aumento da produtividade.  Ao final do evento, houve um debate e troca de informações sobre o eSocial entre os participantes, mediado pelo coordenador do Conselho das Relações do Trabalho da FIERGS, Thômaz Nunnenkamp.


Crédito foto: Dudu Leal