AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

Senai e Prefeitura assinam termo de cooperação para regularizar situação da escola da Restinga

Ensino
O presidente do Sistema FIERGS, Heitor José Müller, e o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, assinaram na manhã desta segunda-feira o termo de cooperação para regularização da infraestrutura da unidade do Senai Restinga. O espaço usado há 40 anos pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) é da prefeitura de Porto Alegre e necessita de obras para regularizar o local e receber o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI). Como a instituição não poderia realizar as reformas necessárias, o caminho era o fechamento da unidade. Porém, com o acordo assinado a prefeitura de Porto Alegre se compromete a regularizar a infraestrutura em 180 dias. Ao Senai-RS,  cabe seguir realizando cursos de qualificação na modalidade Aprendizagem Industrial. “Presenciamos muitas histórias de pessoas que foram tocadas pela mudança em suas trajetórias de vida com as novas oportunidades e possibilidades profissionais. O Senai promove isto. É disto que estamos tratando aqui: esperança e profissionalização, pilares que possibilitam a criação e o crescimento de indústrias”, afirmou Müller. “Se os parceiros não interagissem, não haveria solução. Por meio da parceria conseguimos ter um desfecho feliz”, destacou o prefeito Fortunati.
 
O Senai Restinga foi criado em 1976 e oferece cursos na área de Marcenaria e Eletricidade, priorizando o atendimento a jovens aprendizes. A escola, da forma como está, tem capacidade para até 100 alunos por ano e já formou 2,6 mil profissionais. “Nossa intenção é continuar contribuindo para a formação profissional da comunidade, dando-lhes oportunidade de crescimento e que, assim, também possam contribuir para o crescimento econômico e social do município, do Estado e do País e a competitividade da indústria”, ressaltou o diretor regional do Senai-RS, Carlos Trein. O empresário e ex-aluno do Senai Restinga Jeferson Carvalho, esteve no ato de assinatura e lembrou que a escola “é uma ferramenta que sempre funcionou no bairro, ajudando os alunos não só com a formação profissional, mas também como cidadãos”.
 
(Crédito foto: Dudu Leal)