AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

infraestrutura

As comissões de Constituição, Justiça e Cidadania e a de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovaram por unanimidade, nesta quarta-feira, o Projeto de Lei Complementar (PLC 99/2013), que altera o indexador das dívidas dos Estados e municípios com a União. Portanto, não existem mais os entraves que emperravam a votação do projeto de renegociação das dívidas dos Estados com a União. Segundo o governador Tarso Genro, isso irá deixar o Rio Grande do Sul em uma nova condição. "Conquistamos um ponto de inflexão que não pertence somente a nós, governo.

As soluções para os principais gargalos de logística e infraestrutura da região Sul do Brasil, apresentadas pelas Federações das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Paraná (Fiep) e de Santa Catarina (Fiesc), foram tratadas em encontro com o ministro dos Transportes, César Augusto Rabello Borges, nesta quarta-feira (26), em Brasília. Os presidentes das três entidades solicitaram providências para realizar obras de melhoria dos eixos de transporte existentes e investimentos em novos traçados. O encontro contou também com a presença de parlamentares das três bancadas federais.

A instalação da empresa Estaleiros Brasil (EBR) em São José do Norte, com previsão de investimentos de aproximadamente R$ 2 bilhões, mudará o cenário da cidade com pouco mais de 25 mil habitantes. Para analisar os impactos da operação, foi elaborado o estudo Avaliação do Impacto Regional e Local Decorrente da Implantação da EBR, entregue na tarde desta quarta-feira (16), na Secretaria do Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI). Hoje, o município é estritamente agrário, mais da metade da população apresenta renda média inferior a dois salários-mínimos e 15% é analfabeta.

As razões pelas quais o governo brasileiro deve optar pelos caças Gripen NG, de fabricação sueca, na aquisição de 36 aviões para a Força Aérea Brasileira (FAB), foram apresentadas pela empresa Saab neste terça-feira (6), na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). O workshop "Saab, sua parceira para Inovação e Tecnologia. Oportunidades de Negócios na Área de Defesa, Brasil-Suécia" também abriu espaço para reuniões entre empresários gaúchos e executivos da companhia.

O presidente da FIERGS, Heitor José Müller, entregou ao presidente da Empresa de Planejamento e Logística − estatal que administra o sistema de transportes brasileiro −, Bernardo Figueiredo, uma cópia do levantamento Sul Competitivo, que aponta as principais necessidades de investimentos em infraestrutura logística nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná até 2020, para evitar que haja um colapso na região.

A superação, a união e a confraternização foram as principais lições dos três dias de competição da 27ª Olimpíada do Sesi, realizada de 2 a 4 de novembro, em Caxias do Sul. Foram 1.200 atletas trabalhadores de 118 empresas de 46 municípios de todas as regiões do Estado, que se dividiram entre o Centro Esportivo do Sesi, Universidade de Caxias do Sul, Fundação Marcopolo, Bohrer Tennis e Capuchinho. "Os valores do esporte são importantes também em uma empresa", lembra o diretor superintendente do Sesi-RS, Edison Lisboa.

As 51 obras prioritárias para a infraestrutura de transporte da Região Sul necessitam de um total de R$ 15,2 bilhões em investimentos até 2020. "Se nada for feito, haverá um colapso na nossa infraestrutura e logística", alertou o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul, Heitor José Müller, durante o lançamento do Sul Competitivo, que contou com as presenças do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, e do secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque.

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) lançará o projeto Sul Competitivo na próxima segunda-feira (dia 5), às 14h, na sede da entidade, em Porto Alegre. A iniciativa aponta as obras necessárias para destravar os nós logísticos. "Não adianta fabricarmos o melhor produto com os menores custos se não tivermos uma malha de transporte eficiente que permita levar esse artigo até o consumidor final", afirma o presidente da FIERGS, Heitor José Müller.

O governo gaúcho lançou, nesta terça-feira (21), em cerimônia no Palácio Piratini, o Polo Naval do Jacuí. O ato, que contou com a participação do governador Tarso Genro, da presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, e do presidente da FIERGS, Heitor José Müller, consolida a posição do Rio Grande do Sul na indústria oceânica brasileira.

O Programa RS Mais Energia foi o tema do encontro do Conselho de Infraestrutura da FIERGS, nesta terça-feira (12). O presidente da CEEE, Sérgio Souza Dias, destacou que a iniciativa reúne um conjunto de obras de infraestrutura energética, com mais de cem empreendimentos nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica no triênio 2012-2014.