AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

negócios

A indústria 4.0, como é conhecida a integração do mundo físico e virtual por meio de tecnologias digitais, vai mudar a forma de produzir, gerar novos negócios e transformar o mercado de trabalho. O uso de recursos como internet das coisas, big data e inteligência artificial também pode aumentar a produtividade das empresas.

O Instituto Euvaldo Lodi promove nos dias 17 e 25 de setembro e 11, 18 e 30 de outubro, na sede da FIERGS, o workshop de Inovação Toolbox. Em cinco encontros a intenção é auxiliar as empresas a potencializar o desenvolvimento de soluções inovadoras aos desafios de seus negócios. Ao longo do workshop serão experimentadas metodologias e práticas para estimular a criação de soluções por meio de diversos e novos pontos de vista. Ao final das 20 horas de capacitação, as empresas participantes terão, no mínimo, um novo modelo de negócio para ser desenvolvido.

A agenda de internacionalização possui muitas barreiras envolvendo a infraestrutura, a logística e a tributação. Esse foi um dos assuntos abordados na terça-feira (7), no evento Sul for Export, realizado pelo Grupo Amanhã, com apoio das Federações das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), Santa Catarina (FIESC) e Paraná (FIEP), em Florianópolis.

O Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS) estará com um estande na segunda edição do Gramado Summit que acontece de 8 a 10 de agosto, na Expogramado (av. Borges de Medeiros, 4111 – Gramado-RS). O IEL-RS fará a divulgação de seus produtos com foco em inovação e da Curadoria de Tendências: Cosmos. Além disso, participa da programação de palestras com “Visões do futuro para inovar no presente: o que aprendemos com 100 empresas do RS”. 

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) considera que a manutenção da taxa Selic em 6,50% ao ano, anunciada nesta quarta-feira (1º) pelo Comitê de Política Monetária (Copom), se deu pelo fato de existirem fatores estruturais que pesam sobre a manutenção da taxa em nível elevado. “Reduzir a taxa de juros ajudaria muito na recuperação econômica, por isso, lamenta-se que os juros não tenham caído mais.

Com aproximadamente 300 expositores e a expectativa de atrair, até sábado (4), 40 mil profissionais dos setores de construção civil e arquitetura, a 21ª Construsul – Feira Internacional da Construção, começou nesta quarta-feira (1º), na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS).

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), lança uma nova forma de capacitação, por meio de Ensino a Distância. O primeiro curso dessa nova modalidade será Feiras Internacionais – Estratégias, Negócios e Oportunidades. Interessados podem se inscrever pelo site do EAD/CIN-RS: http://eadcinrs.fiergs.org.br/. Uma das vantagens do EAD é poder ampliar a interiorização, dando oportunidade a quem não tem condições de se deslocar até Porto Alegre.

A embaixadora dos Emirados Árabes Unidos em Brasília, Hafsa Al Ulama, participou nesta terça-feira à tarde (23), na FIERGS, do evento Oportunidades de Negócios com os Emirados Árabes Unidos. Ao lado de representantes da Dubai Exports, da Dubai Chamber e do First Abu Dhabi Bank, ela apresentou às empresas gaúchas o ambiente de negócios do seu país, bem como potenciais parcerias comerciais e de investimentos. “Nosso país valoriza muito a relação com o Brasil, mas gostaríamos de melhorar o comércio entre ambos.

O embaixador da Tailândia no Brasil, Surasak Suparat, foi recebido nesta segunda-feira (11), na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul,  pelo vice-presidente do CIERGS Carlos Alexandre Geyer. Suparat, que assumiu o cargo este ano, trabalha para intensificar as relações comerciais entre os dois países, mesmo que o Brasil se mantenha como principal parceiro da nação asiática na América Latina. Neste contexto, o Estado tem importante contribuição a dar. “A indústria do Rio Grande do Sul é muito forte, e a intenção é reforçar ainda mais os laços”, disse Suparat.

Realizada em Düsseldorf, na Alemanha, a Feira Médica 2017 contou este ano com 5,1 mil expositores, de 66 países. A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-RS), organizou e coordenou uma missão ao evento que contou com 24 participantes gaúchos, sendo 14 empresas – cinco delas expositoras no pavilhão brasileiro – e quatro entidades. Mais de 123 mil pessoas, de 130 países, visitaram a feira.