AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

negócios

Oito milhões de habitantes, crescimento de 12% do PIB nos últimos três anos e uma renda per capita de US$ 37 mil. As características são de Israel, que apesar de ter um território com área semelhante ao do Sergipe – menor Estado brasileiro, é um dos maiores países quando o assunto é inovação.
 
O Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), integrante do Sistema FIERGS, promove dia 25 de agosto, a partir das 14h, o Meeting Governança Corporativa: Um Legado de Prosperidade, na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul. O evento tem como objetivo falar sobre a organização dos relacionamentos familiares e de trabalho como forma de trazer resultados mais satisfatórios para os negócios, preservando ao mesmo tempo os laços emocionais e afetivos.
O Sistema FIERGS, por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS), promove dia 22 de julho o workshop As Estratégias Essenciais das Mulheres Bem-Sucedidas, na sede da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Av. Assis Brasil, 8787), a partir das 14h. A palestrante será Sharon Haddary,  colunista do The Wall Street Journal e fundadora e diretora executiva do Center for Womens Business Research e autora de "Manual da CEO: As estratégias essenciais das mulheres bem-sucedidas”.
 
O embaixador da Bélgica no País, Jozef Smets, acompanhado do cônsul-geral, Didier Vanderhasselt, esteve na FIERGS, nesta segunda-feira (15).
 
Os setores energético, têxtil, químico e de software estão contemplados no projeto Inserção Internacional Competitiva de Pequenos Negócios (Inseri), uma parceria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), por meio da sua Rede Brasileira de Centros Internacionais de Negócios (Rede CIN) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). A FIERGS, por meio do CIN-RS, é a responsável pela implantação do modelo no Rio Grande do Sul.
A fase de captação de empresas já começou.
 
O governo indiano tem projetos de infraestrutura para o país que somam US$ 1 trilhão. Esta é apenas uma das diferentes oportunidades que surgem para empresas dispostas a investir na nação asiática, segundo o embaixador da Índia no Brasil, Sunil Kumar Lal, que esteve na FIERGS, nesta terça-feira (9).
 
A embaixadora da Romênia, Diana Anca Radu, e a cônsul honorária do país em Porto Alegre, Ingrid Cioba, estiveram na FIERGS para promover o início de uma aproximação entre a nação europeia e o Estado. Elas foram recebidas pelo presidente da FIERGS, Heitor José Müller. “Hoje, a Romênia adquire, principalmente, soja e carne de frango do Rio Grande do Sul, mas queremos ampliar essa relação comercial”, afirmou Diana.
 
A representante destacou a área de defesa e segurança como um setor de oportunidades de negócios com o Estado.
 
O embaixador do Haiti no Brasil, Madsen Cherubi, foi recebido na sede da FIERGS pelo vice-presidente da entidade Cezar Müller, nesta segunda-feira (27). O representante haitiano destacou que entre os principais setores com oportunidades para investimentos estão têxtil, turismo e  infraestrutura – principalmente por conta do terremoto que atingiu o território em 2010. Ele informou que o país conta com um Código de Investimentos aberto a empresas estrangeiras. “Oferecemos isenção de imposto durante os 15 primeiros anos da implantação.
 
Uma nova “revolução industrial”, que cria métodos de produção que se comunicam entre si e cujo entre os benefícios estão o de reduzir custos e aumentar a eficiência – a chamada Indústria 4.0 – é o foco da Feira de Hannover 2015, que termin
Uma missão prospectiva com mais de cem participantes de todo o Brasil embarcou para a Feira Industrial de Hannover 2015, na Alemanha.