AV. ASSIS BRASIL, 8787, SARANDI, PORTO ALEGRE-RS | CENTRAL DE ATENDIMENTO 0800 51 8555 

Você está aqui

negócios

 
A embaixadora da Romênia, Diana Anca Radu, e a cônsul honorária do país em Porto Alegre, Ingrid Cioba, estiveram na FIERGS para promover o início de uma aproximação entre a nação europeia e o Estado. Elas foram recebidas pelo presidente da FIERGS, Heitor José Müller. “Hoje, a Romênia adquire, principalmente, soja e carne de frango do Rio Grande do Sul, mas queremos ampliar essa relação comercial”, afirmou Diana.
 
A representante destacou a área de defesa e segurança como um setor de oportunidades de negócios com o Estado.
 
O embaixador do Haiti no Brasil, Madsen Cherubi, foi recebido na sede da FIERGS pelo vice-presidente da entidade Cezar Müller, nesta segunda-feira (27). O representante haitiano destacou que entre os principais setores com oportunidades para investimentos estão têxtil, turismo e  infraestrutura – principalmente por conta do terremoto que atingiu o território em 2010. Ele informou que o país conta com um Código de Investimentos aberto a empresas estrangeiras. “Oferecemos isenção de imposto durante os 15 primeiros anos da implantação.
 
Uma nova “revolução industrial”, que cria métodos de produção que se comunicam entre si e cujo entre os benefícios estão o de reduzir custos e aumentar a eficiência – a chamada Indústria 4.0 – é o foco da Feira de Hannover 2015, que termin
Uma missão prospectiva com mais de cem participantes de todo o Brasil embarcou para a Feira Industrial de Hannover 2015, na Alemanha.
As oportunidades na área de defesa e segurança no Reino Unido foram tratadas pelo primeiro-secretário para Assuntos Políticos da Embaixada Britânica, Andrew Ford, nessa terça-feira, na sede da FIERGS.
Energias renováveis, automoção, biotecnologia, engenharia e infraestrutura, indústria naval e meio ambiente são os setores que participarão, em 3 e 4 de dezembro, do I Encontro Empresarial Brasil e Espanha, no Hotel Laghetto Viverone Moinhos, em Porto Alegre. O evento é promovido pelas embaixadas da Espanha em Br
O I Seminário Internacional de Defesa, realizado de 17 a 19 de novembro, em Santa Maria, teve como objetivo abordar as principais demandas de fornecimento, obtenção e nacionalização de bens e serviços das Forças Armadas e discutir as possibilidades de negócio que contribuam com a competitividade do Rio Grande do Sul, do Brasil e dos países latino-americanos.
As oportunidades para as indústrias no fornecimento de equipamentos, serviços e matérias-primas são o foco do Seminário de Atualização de Demandas de Bens e Serviços Industriais da Marinha, Exército e Aeronáutica, que será realizado em Caxias do Sul, nos dias 8 e 9 de outubro, na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços do município (CIC).

Conhecer as oportunidades de negócios e aproximar as indústrias e o Exército Brasileiro foram alguns dos objetivos da reunião do Comitê da Indústria de Defesa e Segurança (Comdefesa) da Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), realizada nesta quinta-feira, na sede da entidade. "A parceria da FIERGS e do CIERGS com as Universidades, demais Centros de Conhecimento, e com as Forças Armadas é particularmente importante considerando as dimensões e as riquezas do nosso País.

Com a intenção de mostrar as principais linhas de financiamento ofertadas no mercado e criar um canal de relacionamento entre empresas e instituições bancárias, a FIERGS e o Sebrae/RS realizaram nessa segunda-feira (19) o Seminário de Crédito. "Os empresários trabalham pela competitividade do seu negócio. Por isso, é importante ter acesso rápido ao crédito e com condições adequadas para que possam investir, com foco principalmente em melhoria e inovação, tanto na produção quanto na gestão", afirmou o diretor da FIERGS, Thômaz Nunnenkamp, na abertura do evento.