Você está aqui

Relações Trabalhistas

Especialistas explicam as mudanças provocadas pela modernização trabalhista

Terceirização, jornada de trabalho e a valorização do negociado sobre o legislado foram alguns dos temas em debate, nesta terça-feira (5), no Teatro do Sesi, no evento “Reforma Trabalhista – O que muda?”, realizado pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) com apoio do Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre (Sindihospa). Cerca de mil participantes ouviram juiz, desembargadores, advogados e empresários sobre a aprovação da Lei 13.467/2017, que entra em vigor em novembro.

FIERGS recebe o 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), em parceria com as Federações das Indústrias de Santa Catarina (FIESC) e do Paraná (FIEP), vai promover, em Porto Alegre, no dia 17 de abril, das 8h às 13h, um dos maiores eventos do ano sobre a Reforma Tabalhista: o 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho. O encontro, que terá a presença do Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira de Oliveira, deverá ser marcado pela assinatura da Carta de Porto Alegre.

1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho será na FIERGS em 17 de abril

Considerada uma das principais reformas pretendidas pelo governo federal, as mudanças nas relações de trabalho deverão ter um impacto direto no planejamento das empresas brasileiras. Para entender e aprofundar ideias sobre o que pode mudar na legislação e as consequências para o desenvolvimento do País, as Federações de Indústrias do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná promovem o 1º Fórum Sul Brasileiro de Relações do Trabalho. O evento será realizado em Porto Alegre no dia 17 de abril, no Salão de Convenções da FIERGS (Av. Assis Brasil, 8787 – Bairro Sarandi), das 8h às 13h.

FIERGS diz que legislação trabalhista precisa ser modernizada

A Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS) defende a modernização da legislação trabalhista brasileira que inclua, entre outros itens, a valorização dos acordos entre empregadores e empregados. “Esse é o ponto fundamental. Se tivermos uma negociação bem feita entre as duas partes, ela tem que ser respeitada no âmbito Judiciário”, diz o presidente em exercício da FIERGS, Paulo Vanzetto Garcia. Na manhã desta terça-feira, uma manifestação de Centrais Sindicais ocorreu em frente à sede da entidade, na Avenida Assis Brasil, em Porto Alegre.